ubiratamuniz

ubiratamuniz

105p

2,695 comments posted · 48 followers · following 6

268 weeks ago @ Carplace - Portal do A... - Avaliação: Honda CTX... · 1 reply · +2 points

Realmente, a Valkyrie mesmo adotando o visual "musculoso", ainda tem o farol "quase" redondo. Muito melhor que o triangular.
http://powersports.honda.com/assets/flash/model/g...

268 weeks ago @ Carplace - Portal do A... - Avaliação: Honda CTX... · 3 replies · +3 points

Olha, a idéia de modernizar tecnicamente o estilo custom é sempre bem-vinda para atrair novos consumidores (se bem que eu prefiro o antiquado motor refrigerado a ar da minha 883), mas esse farol de Falcon/XRE/CG aí na frente não dá.

Uma moto como essa pede ou uma carenagem (se quer algo "modernoso", inspirada na Gold Wing iria bem, se quer algo mais tradicional, uma "batwing") ou um farol redondo. Querer inventar demais tira a essência do negócio.

Veja bem, que até mesmo a linha VRSC, que é considerada pelos harlistas mais tradicionalistas como um sacrilégio, assim como a nova linha Street e até a futurista Livewire elétrica, ainda mantém como elemento de estilo um farol arredondado na frente. O mesmo ocorre com as cruisers de outras marcas (a exceção é a Victory Vision, que é mais uma touring concorrente da Gold Wing do que uma custom). É um elemento de design clássico e que nunca cansa, mesmo que modernizado.

Todo o resto da moto, todavia, está bem interessante tecnicamente. O banco parece ser bem confortável e a posição de pilotagem (para uma custom) parece boa. O design da traseira ficou bem legal (gostei mais da traseira da Honda do que da H-D Street, que tem uma "bunda caída" como a da Shadow 750 atual, por exemplo)Até mesmo a transmissão por corrente é a preferência de alguns, e como a moto é fruto do projeto da linha NC, não seria muito interessante (do ponto de vista da integração da linha) mudar para correia ou cardã especificamente nesse modelo.

271 weeks ago @ Carplace - Portal do A... - Avaliação: Kawasaki ... · 0 replies · +2 points

Hm. Gosto muito de sport tourings, são ótimas para viagens longas em estradas boas, mas um detalhe não me agradou nessa aí: o banco, que está mais pra banco de "sport" que pra banco de "touring". A garupa vai sofrer nessa aí.

Banco bom de sport touring é esse:
http://www.motorcyclenews.com/upload/890/images/3...

ou esse:
http://www.motorcycle.com/images/content/Review/1...

Não é bonito, mas é confortável, devendo-se ter em mente qual é o objetivo de uma moto dessas: viajar.

291 weeks ago @ Noticias Automotivas - Dafra Maxsym 400i cheg... · 0 replies · +1 points

Olha, já tive uma Burgman 400 (hoje tenho uma H-D 883) e digo: não tenho praticamente NADA a reclamar do "lambretão". Muito boa na estrada , basta tomar cuidado com os buracos por causa das rodas menores (na minha eram duas rodas aro 13", as novas vem se não me engano com 14" na frente e 13" atrás) e com lombadas fora do padrão (raspava por causa do entre-eixos longo e baixa altura do solo).

Até hoje a Suzuki reinava sozinha nesse segmento, agora finalmente vai ter concorrência, e baseado nos (ótimos) relatos que tenho de donos da Citycom 300i e Next 250 (as Dafras que são fabricadas pela taiwanesa Sym), essa aí tem tudo pra ser um sucesso.

292 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Bateria que é carrega... · 0 replies · +1 points

Mas se o painel solar tiver sensibilidade suficiente, as pessoas podem deixar em cima de suas mesas nos locais de trabalho.

292 weeks ago @ Noticias Automotivas - Take up! – avaliamos... · 0 replies · +1 points

Interessante. O acabamento interno desse Take é diferente da unidade (era um vermelho) que eu vi na Disbrave daqui de Brasília. O revestimento secundário do painel (leia-se a parte que inclui a tampa do airbag do passageiro) era um cinza claro, parecido com o dos antigos Gol Special até 2003, danado de bom pra encardir e amarelar com o tempo de uso (o restante era cinza escuro). Esse da matéria é "monocromático", todo cinza escuro, mais elegante na minha opinião (além de mais durável, já que não encarde).

Eu gosto bastante do up!, mas o preço tá alto mesmo, fica difícil optar por ele racionalmente.

Apesar da rede autorizada menor e de algumas reclamações de falta de peças (e devendo considerar ainda que vai sair modelo com cara nova agora) ainda me parece mais interessante pra quem quer um carro urbano compacto um Nissan March 1.6 (35990 aqui em Brasília, com 60% de entrada e 18 sem juros, versão SV, com AB2 e ABS como manda a lei, direção elétrica, ar, vidro elétrico nas quatro portas, retrovisor elétrico, som com bluetooth e controle de ipod, faróis de neblina e rodas aro 15" de liga, ou seja, não precisa fazer NADA no carro). E pra quem não tem medo de chinês e vai pagar à vista (financiado não compensa, a taxa de juros da JAC é MUITO alta por não ser subsidiada) ainda tem o J2 1.4 por 33990. Fora outras opções de carros maiores , modelos que também estão saindo de linha, como o Sandero 1.6, Fiesta Rocam, etc. , todas excelentes pra quem vai ficar com o carro por pelo menos 3 ou 4 anos, situação em que a desvalorização pela mudança de modelo não vai fazer tanta diferença assim.

Acho que até o Gol 1.6 tá com preço bem próximo disso.

292 weeks ago @ Noticias Automotivas - Novo Ka 1.0 terá moto... · 0 replies · +1 points

ô loco, Edson, milagre isso aí. no CHT 1.6 a álcool nunca consegui passar de 8 km/l na cidade, aqui em Brasília que é plano e na época quase não tinha trânsito. Em três carros diferentes isso: Escort 87, Verona 92 e Escort 94. Meus amigos que faziam isso (12 na cidade) no CHT eram com os movidos a gasolina. E o hobby 1.0 de um deles batia fácil nos 15, 16 (mesma faixa de consumo que eu conseguia com o Palio Fire 1.0 2000/01 de 55 cv, que tinha injeção multiponto).

Sobre a evolução de potência, é inegável. 82cv eu tinha no Tipo 1.6 i.e. 95, pra empurrar 1100kg. 9,5km/l na cidade, média de 14 na estrada (mas já cheguei a fazer 17).

292 weeks ago @ Noticias Automotivas - Fiat 500 ganha novidad... · 0 replies · +1 points

Como os 500 vendidos nos EUA saem da mesma fábrica mexicana que os vendidos aqui, logo logo a novidade vem pra cá também.

292 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Prepare o bolso: Recei... · 0 replies · +1 points

Bom, não sei vocês, mas eu quando compro alguma coisa no exterior (salvo quando é algum produto que não existe aqui), eu SEMPRE faço a continha dos 60% (aqui no DF importação via correios não paga ICMS - via couriers como Fedex e afins paga, além das taxas de desembaraço). Se compensar mesmo com o imposto, mando vir de fora mesmo assim, se o valor com imposto for muito próximo e puder comprar parcelado e/ou com garantia por aqui, compro aqui. Nunca peço pra declarar valor abaixo (o que pega é que tem alguns vendedores, principalmente os chinas, que já fazem isso sem você pedir).

Eu nunca conto com a não-taxação quando faço alguma compra fora. Se acontecer de passar batido, é lucro. O que vem dos EUA (trago peça pra moto direto de lá, pois é mais rápido pra receber que encomendar nas concessionárias daqui) é batata, 99% passa pelo crivo da Receita e é taxado.

Então, pra mim, em tese não afeta tanto. O que eu quero ver é se as agências dos Correios vão dar conta de tanta gente indo retirar encomenda e pagando imposto. As filas (que já não são exatamente pequenas, com a quantidade de serviços que os Correios têm acumulado, correspondente bancário, emissão de documento e afins) vão ficar gigantescas.

Outra coisa que tem que ver é se vai ser aplicado o princípio da insignificância, tem uma instrução normativa da receita (que não lembro agora o número) que PROÍBE a emissão de DARF de valor muito baixo, se não me engano inferior a 10 reais. Então quinquilharia baratinha do ebay/dx que o imposto não atingiria esse patamar, em tese não seria taxada.

292 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Quanto tempo da sua vi... · 0 replies · +1 points

24 horas é fácil. São 8 temporadas mais um especial de 2 horas, 8 dias e 2 horas :oP

As demais, eu simplesmente não me dou ao trabalho de contar: Star Trek e TNG, por exemplo já vi inteiras algumas vezes.

Eu chuto que gasto em média uma hora e meia por dia vendo seriado.