fernandoeudonatelo

fernandoeudonatelo

70p

316 comments posted · 1 followers · following 0

419 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Igor Felippe: Breve re... · 0 replies · +4 points

Então, aconteceram algumas medidas de ajustamento macroeconômico, iniciadas em meados de 90 mesmo, visando o déficit fiscal, (foi reduzido para 2,5% do PIB, em 1996), contemplando corte de gastos e subsídios e empreendido grande esforço de aumento de eficiência das empresas estatais.

Foram medidas, por sinal, previstas a serem implementadas no novo Plano nacional de desenvolvimento, dada a carência de um sistema de financiamento integrado à qualquer iniciativa de conglomeração industrial, seja por limitações geográficas ou de mercado interno, uma vez que o Setor Externo não é uma alternativa de crescimento e poupança (Bloqueio oficial à ilha).

Entre as medidas de liberalização, ainda da década de 90, podemos destacar: a transformação das fazendas coletivas, até então administradas segundo o modelo soviético, em cooperativas; a legalização de transações com moeda estrangeira; uma modesta abertura para pequenos negócios no setor de serviços e a abertura ao investimento direto estrangeiro. O governo passou, também, a priorizar o turismo.

419 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Igor Felippe: Breve re... · 1 reply · +5 points

Ainda, dentro da questão do ensino, segundo a APAC (Associação de Pais e Amigos dos Estudantes Brasileiros em Cuba), o governo cubano acolhe estudantes de mais de 34 países latino-americanos, africanos e do caribe, tanto nos cursos universitários como nos cursos de mestrado e doutorado.

No ano de 2001, encontravam-se estudando em Cuba quase 11 mil estrangeiros como bolsistas integrais, que recebem além do ensino, alimentação, moradia, material escolar e uniformes, tratamento médico e ajuda de custo mensal.

Mas, gostaria de falar também sobre os problemas de Cuba. Por dados antigos na OCDE, o início dos anos noventa não foi fácil para os cubanos.

A dissolução da União Soviética, grande parceira comercial de Cuba, e a queda no preço internacional do seu principal produto de exportação, o açúcar, levaram o governo cubano a enfrentar sérias dificuldades econômicas no início da década, com queda por quatro anos seguidos no PIB, chegando a 14,6% de retração em 1993.

419 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Igor Felippe: Breve re... · 2 replies · +8 points

Sugiro à Vossa Excelência, olhar para o próprio rabo sujinho, antes de falar do país dos outros e montar sua barraquinha de hot-dog em Capão Redondo ou no Ipase-Rio, onde sua perspectiva de vida ou a de seus filhos com "estudo" na Rede de Ensino do estado, é um "pouquinho" pior do que em Cuba.

Parece ignorância ou má-fé, q o indivíduo não saiba através de organismos da ONU como o PNUD, UNCTAD ou mesmo dos EUA, como o CIA Factbook, que Cuba tem uma taxa de alfabetização de 99,8%, com uma taxa de mortalidade infantil inferior até mesmo à de alguns países desenvolvidos.
Só, a expectativa de vida média de 77,64, é maior do que em vários Estados do ex-bloco soviético (com média de 54 anos).

Hoje, 98% dos cubanos recebem energia elétrica e tem acesso à água potável e saneamento básico. Mais de 85% da população cubana é dona de sua moradia (encontrado no World Bank), e os demais pagam aluguéis simbólicos.

419 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Aninha Zortea: "Como e... · 0 replies · +9 points

Pior do que ele, só os comentários dos leitores do UOL/Folha sobre a doença.
Um dos editores e colunistas, chegou até a criticar a selvageria dos "cansados".

419 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Graziano: Falta de ág... · 0 replies · +2 points

Depois da eclosão da crise financeira global de 2008, especuladores retiraram seus recursos de ativos de altíssimo risco e apostaram nos papéis de commodities (especialmente em mercado futuro), puxando as cotações para cima. O índice de preços de alimentos da FAO, marcava 234 pontos em junho passado, 39% acima do registrado no mesmo mês de 2010.

Outro ponto importantíssimo, seria o levantamento de fundos para um programa de recuperação mundial em infra-estrutura de abastecimento e irrigação agrícola, direcionados para os países com situação mais grave.

Na rede de distribuição rural, projetos como mercados em aldeias e supermercados de produtos agrícolas, com a criação de corredores de escoamento.
Acontece, que a maioria desses Estados têm dificuldade de manter até políticas públicas relativamente simples, como coleta de lixo, pois a esscasez do financiamento levou a uma falência institucional.

420 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Emir Sader: O signific... · 0 replies · -8 points

Parece que na Argentina, a concertación de partidos ficava na oposição, sem uma agenda nacional comum ou candidato.

420 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Mauro Santayana: E se ... · 1 reply · +2 points

Camarada, já ouviu falar no "combo dos sonhos das teles"?
Te explico,
TV por assinatura em alta definição e vídeos sob demanda.
Banda larga fixa (10 Mbps), wi-fi residencial e em locais públicos.
Internet 3G (com modem e por smartphone).
Telefone fixo Embratel com chamadas ilimitadas para outros fixos de qualquer operadora.
Telefone Celular pós-pago.

Não basta querer adquirir estes 5 serviços (em combo ou não). É preciso que eles estejam disponíveis na residência do usuário.

A grande dificuldade para atender o "sonho de consumo de telecom" representado pelo Combo da América Móvil (Claro) é a capacidade de oferecer a banda larga fixa de alta velocidade (10 Mbps). Telefônica e Oi enfrentam dificuldades semelhantes.

Não é a toa que TIM adquiriu a AES Atimus, que tinha projetos avançados nessa rede, para cobrir a banda larga fixa no Rio e São Paulo.

Por isso que desde já a Telebras perde a oportunidade de surgir com muita força.

420 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Mauro Santayana: E se ... · 2 replies · 0 points

Poderia, mas gradualmente, ao longo de um processo de regularização dos repasses orçamentários e, principalmente, depois que passar a manter capital retido para reinvestimento próprio.

Ou seja, haveria antes uma espécie de capacidade instalada intensiva em tecnologia, pertencente a empresa, para que pudesse haver valoração. Nesse caso, as redes costeiras já existentes, pertencentes a empresas parceiras (Eletrobras, Petrobras, Dataserver) ou sob controle judicial (Eletronet) formariam a primeira etapa do Back Bone operada pela Telebras.

A Telebras arrecadaria com o trafego de dados pelas Teles, sob sua infra-estrutura, redirecionando parte desses recursos mais boa parte da Dotação orçamentária, para a formação de um CNPq.

Com um centro focadíssimo em P&D, a empresa trabalharia soluções de fibras opticas garantidoras de trafego de dados fixos (FTTH), ou seja, entre 1 e 10 Mbps sem queda de serviço . Meu amigo, aí entra o salto.

420 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Mauro Santayana: E se ... · 8 replies · +4 points

A Telebras, como empresa estatal fechada, encontra-se restrita tal qual a Infraero a um problema grave de capitalização, que é depender única e exclusivamente de Dotação Orçamentária (transferências diretas da União), aonde seu patamar atual é menos da metade do previsto inicialmente pelo PNBL original.

Ou seja, não lucra diretamente com a propriedade de infra-estrutura (reinvestindo pouco capital próprio),estão sujeitas à composição de superavit primario como parcela de seus investimentos, não emite bonds a investidores ou emite papéis e etc.

Outra alternativa, seria a empresa concentrar a dotação incial numa reconstrução ou reestabelecimento do CNPq, centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa, para com os avanços obtidos, implementá-los em projetos tecnológicos em universalização, como por exemplo a expansão do WiMax sobre regiões geograficamente difíceis para a última milha.

Assim sendo, os sinais das teles operando em sua rede, renderia recursos para expandir outras malhas, com as de Trunking que não possue pouquissimos acessos no Norte e Nordeste.

420 weeks ago @ Viomundo - O que voc&e... - Mauro Santayana: E se ... · 9 replies · 0 points

Nesse caso, gostaria de esclarecer, que essas operações são consideradas empreendimentos apoiáveis pelo Banco, pois são empresas estrangeiras com sede e administração instaladas no país. Ou seja, para o banco são geradoras de emprego interno.

As operações com essas empresas são contratadas com custo financeiro da cesta de moedas, exceto aquelas cujo segmento esteja incluído no Decreto 2.233, de 23/05/97, publicado no DOU de 24.05.97 - ed.extra, e suas posteriores alterações.

Também, não se trata somente da Vivo, 72% do endividamento líquido da TIM Brasil Participações se trata de financimentos de longo-prazo tomados pela operadora de Telecom com o BNDES, com o fim de expandir sua infra-estrutura de rede e TI para estados de baixa penetração de dispositivos e serviços de dados.