Unover

Unover

45p

75 comments posted · 0 followers · following 0

9 years ago @ Blog Da Unover - PRODUÇÂO:... · 0 replies · +1 points

Como está Rodrigo!!
É dificil dizer qual o melhor, cada um tem caracteristicas que podem se adaptar melhor ao seu modo de trabalho.
Para POP, acredito que vc vai gravar vozes e instrumentos, na minha opinião o Acid e o Ableton gravam bem, mas o Nuendo se sai melhor.
Pra produzir Dance Music utilizando samples e loops o Acid é o melhor de todos, porém se vc for usar muitos arquivos MIDI, o Ableton é melhor.
COmo vc pdoe ver cada um tem seus pontos positivos.

Atualmente subistituimos o Nuendo, Acid e Ableton pelo REAPER, que é uma ótima escolha pra trabalhar com varios estilos músicais.
Espero ter ajudado.

9 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 0 replies · +1 points

Ola Willian!!!
A diferença de volume acontece por causa da diminuição das reflexões (reverberação da sala) ocasionado pela espuma. Espero ter ajudado :D

9 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 0 replies · +2 points

Oi Aninha!
Serve sim, você pode fazer isso pra ouvir suas músicas, normalmente a galera só liga o aparelho de som e prega fogo, mas como não se sabe como as coisas estão posicionadas na sala pode ser que não se esteja ouvindo a música com uma qualidade legal.
Com relação a foto é só se cadastrar no http://intensedebate.com e estar logada na hora de fazer seus comentários que vai aparecer sua foto, claro vc tem montar o seu perfil no site e depois sempre vai aparecer :D
Bj

9 years ago @ Blog Da Unover - DOWNLOAD: NERO - Won\'... · 0 replies · +1 points

Então só vamos postar dubstep kkkkkkkk brincadeira :D
Valeu \o/

10 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 0 replies · +1 points

Ola Airtom!!
Depende muita mais de como você toca do que do programa.
Com o Ableton você tem flexibilidade total, porem é você quem tem que construir os efeitos, e tudo mais.
O Traktor é menos flexível, pois seus efeitos já são "pre-setados" você apenas altera um pouco, porém ele facilita o trabalho, muito parecido com duas Cdj´s e um MIXER.
A nova versão do Traktor está muito próxima do Ableton, os novos recursos se parecem muito com os CLIPS.

O Ableton é pesado, o Traktor é leve.
O Abelton é seguro, o Traktor trava até no MAc.
É muito difícil dizer se um é ou não melhor que o outro, o que vai realmente definir isso é a maneira que você toca e as ferramentas que possui (Controladora e Computador).
Espero ter ajudado!

10 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 1 reply · +1 points

Ola aninha.
Qual é seu sistema Lion ou Win?
Se vc tiver um computador com processador 32 bits não vai poder instalar um sistema de 64 bits. A aparência é a mesma sim.

10 years ago @ Blog Da Unover - ABLETON: Timbres de Sy... · 0 replies · +1 points

Ola Francis! Vamos por partes rsrs

Mash ups e bootlegs são quase 100% não autorizados, mas o que os torna ilegais é como você os usa.
Bootleg é um termo antigo que se refere a uma gravação não autorizada, porem de um material (show, apresentação em radio ou tv) não oficial e por isso não entrando na questão da pirataria, mas na musica eletrônica, como sempre rsrs, o termo é usado de forma completamente diferente, alguns produtores usam o termo pra se referirem a um remix que não foi autorizado pelo autor, ou que é um tipo mix aonde o produtor usa duas músicas mesclando entre elas, mas não necessariamente sobrepondo, por isso muitos bootlegs são mash ups e os termos se confundem e ninguem sabe dizer exatamente o que é o que. Apesar de ser muito usado o termo não existe um conceito especifico pra determinar se é ou não é bootelg ou mash up.
Tanto com bootlegs e mash ups vc deve atentar para o seguinte, vc não deve ter fins lucrativos, por que isso é ilegal, no Brasil não existe ressalva caso vc queria compartilhar com seus "amigos".
Usar pedaços de músicas como samples sem autorização e ilegal, usar pacotes de sample e loops não, quando vc compra os pacotes vc tem um termo de uso que deixa vc livre pra criar suas música e vende-las porem não pode vender os loops e samples separadamente.

Para o dj não é um grande problema, se houvesse uma fiscalização e uma seriedade do ECAD em repassar os direitos para os devidos artistas cada DJ teria que pagar uma taxa de acordo com as música que toca. Em alguns países o dj não pode tocar qualquer música sem autorização e outros vc precisa ter a nota fiscal que pelo menos comprou a música, isso acontece bastante em Portugal, comprou pode tocar, não comprou desliga a CDJ rsrsrs. Aqui no Brasil é oba oba, baixou ou comprou não faz diferença o ecad vai bater na festa e ver se o dono pagou a taxa, assim eles não precisam repassar valores para os artistas pq não sabem quais foram tocados.

Nós temos um artigo falando só sobre loops e samples e tem um lista de vários sites para baixar: http://blogdaunover.blogspot.com.br/2011/07/como-fazer-um-remix-mash-up-ou-edit-5.html
Pra cada estilo vc vai achar um pacote de loops e samples, os que a gente gosta mais e com certeza estão entre os melhores são os da http://www.vengeance-sound.com/
Eles não são gratuitos, são pagos, acho que R$200 pra compra-los não é um custo alto, porém se vc não quiser pagar, terá que conseguir de forma ilegal. O google é mestre nisso hehe.

Já os vst existem muitas opções boas e totalmente free, tb temos um artigo sobre isso: http://blogdaunover.blogspot.com.br/2012/02/free-download-plugins-profissionais.html

E nesse artigo tem um limiter ótimo free: http://blogdaunover.blogspot.com.br/2012/04/diario-de-producao-limiter-pra-que.html

Infelizmente pra baixa-los é o demo ou comprando. Mas existe o google kkkkk.

Espero ter ajudado, qualquer coisa é só dar um grito :D

10 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 1 reply · +3 points

Ola Dayvisson!!

São duas situações que funcionam bem, ja testamos as duas, mas cada uma tem sua particularidade.

No 1º caso além do LIMITER no master se usa outros plugins. Cada produtor tem uma forma de masterizar seu som, se vc sabe que plugins vai usar pode deixar eles direto no master. É uma boa forma de produzir, porem tem que ficar atento, pois nesse caso não vai ter uma "masterização" final, sim uma pequena lapidação.
É ideal pra quem gosta de produzir visando o resultado final, já que vc tem compressão, limitação, abertura do pan, simulação de fita ou valvula e ai por diante agindo durante a produção.
A gente achou mais fácil de equilibrar os volumes, acrescentar reverbs, pois com a compressão já funcionando em toda a track vc tem um noção quase "exata" do como vai ficar.
É preciso ter em mente que dessa forma, cada canal precisa estar perfeito, como se estivesse masterizado, pois não vai haver esse processo.

No 2º Caso: Normalmente é legal pra quem vai mandar o material pra um profissional masterizar ou se o próprio produtor for fazer da forma convencional.
Nesse caso é preciso deixar uma sobra de 6 dbs pra que o masterizador tenha espaço pra trabalhar, esse espaço chamamos de headroon.
Nesse processo é preciso ter muito cuidado com volumes, reverbs, equalização, pois depois que o áudio esta fechado, na masterização não se pode alterar e possivelmente na hora de usar um Limiter maximazer os pequenos erros, pouco audíveis, vão virar um mostro, É fácil de ver esse tipo de coisa quando se ouve a produção antes da masterização e parece que tudo está equilibrado, mas depois sobra reverb em vozes, grooves, deixando a música sem peso, parecendo que esta em uma garagem ou salão dependendo do reverb que for usado.

O mais importante é ter um boa MIXAGEM, pois ai fica fácil em qualquer um dos casos ter uma boa masterização.
Só que esse lance de masterização é bem relativo, principalmente nos dias de hoje, pois a maioria esta baixando musicas em formato MP3 e deixando de lado o CD. Com isso a galera acaba ouvindo musica em outros aparelhos (Ipod, computador) e não mais em sons 3 em 1 rsrs como era antigamente.
Já existe até um padrão ITUNES de masterização.

Entre as duas formas de masterizar a gente prefere o 1º caso, pois em se tratando de música eletrônica temos uma produção de 90% dentro do computador (MIX IN THE BOX) não se grava instrumentos, na maioria dos casos é apenas a voz, quando tem rsrsrs. O único problema desse método é que vc precisa ter um computador bom pois vai precisar de muita memoria ram e processamento.

Valeu por acompanhar e participar, espero ter ajudado um pouco.

Abraço.

10 years ago @ Blog Da Unover - Diário De Produ... · 0 replies · +1 points

Hehe
VSTi e VST são plugins, mas cada um pra uma determinada situação.

VST são apenas efeitos que podem ser aplicados em qualquer AUDIO.

VSTi é um plugin que vc coloca no canal MIDI pra ele dar vida a uma melodia, ou seja ele é um instrumento virtual :D

10 years ago @ Blog Da Unover - Ranking: Top Dee Jays ... · 0 replies · +1 points

A gente não sabia até que bloqueamos ele no facebook e recebemos uma mensagem " you blocked me on facebook and now you're going to die" KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Valeu pelo apoio, sempre \o/