raposa

raposa

69p

97 comments posted · 0 followers · following 0

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Rússia destacará nov... · 0 replies · +12 points

Ninguem vai falar que a Rússia e uma ameaça ao ocidente, que sua ideologia belisista e intervencionista é uma ameaça a pax americana, que a Rússia está interferindo na Itália para dividir a OTAN, que o interesse da Rússia é invadir os países balticos, que a Polonia esta certa em atacar veementemente a politica externa de Putin e companhia ltda,.

Se 10% do que afirmam da Rússia fosse verdade e não apenas politica, xenofobismo e um arcaico e desgastado vies ideológico, a Rússia não ajudaria um país capitalista e pro OTAN, mas ao contrário vai em auxilio ao povo italiano, enquanto as potencias ocidentais se calam ante a tragédia italiana.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Vídeo de nova manobra... · 8 replies · +31 points

Perfeito Bruno, quando aparecem videos de caças russos executando maniobras em alto G's, o primeiro comentário que aparece é que pirueta é coisa de malabarista de circo, que estas manobras não servem de nada em combate aéreo e que fazendo estas manobras o caça perde potência e vira um alvo fácil para o atacante, porém quando aparecem videos dos caças americanos tentando fazer as mesmas manobras feitas pelos russos a anos os comentários que se mostram e sobre a fantástica capacidade de manobra dos caças americanos e sua extrema letalidade, agora so me expliquem uma coisa se o Raptor foi feito para abater sua presa a quilometros de distância em ambiente BVR, porque o DEMO TEAM esta treinando técncias de dog figther?

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Ministério de Defesa ... · 0 replies · +8 points

Deculpe mais o F-35 inicou-se em 16.11.1996, quando o DoD slecionou a Boeing e a Lockheed Martin para a fase de concepção e desenvolvimento do JSF, com a Pratt and Whitney como fornecedorados motores, zendo ofertado um contraro para a construção de dois Protótipos para testes.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 3 replies · +2 points

Qualquer desvio da trajetória, causado por erro de sistema ou mesmo ações externas como ventos, depressões, área com diferenças de pressão etc, sendo que apenas com o TERCON não é possível procedera correção da trajetória, apenas verificar se a mesma esta correta efetuando pequenos ajustes. Assim caso o vôo seja longo o INS acumula um erro de navegação, de forma que o míssil desvia gradualmente do curso, sendo que tal desvio passa despercebido pelo INS, portanto, este último precisa ser atualizado por meio de dados externos, a fim de descobrir seu paradeiro e se corrigir. O INS depende de pontos de referência. Os pontos de referência são características do terr

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 1 reply · +2 points

Eduardo o subsistema de navegação TERCOM ão e responsável pela trajetória integral do artefato, posto que o TERCON trabalha apenas na seção média do trajeto do foguete, quando o computador de bordo, utilizando um altímetro de rádio e uma coleção de mapas digitalizados das regiões ao longo do curso do artefato, comapra o terreno como forma de verificar a trajetória correta, posto que o princípio de operação do TERCOM baseia-se na comparação do relevo da área da região a qual o artefato sobrevoa com os mapas do relevo da mesma área, gravados na sua memória, ao longo do trajeto de seu voo, sendo que a informação sobre o relevo específico da área é introduzida no computador de bordo, onde é comparada com os dados do relevo na posição real e com mapas das regiões. Desta forma, após a orientação terminal da área do alvo, o vôo é conduzido pelo subsistema DSMAC, sendo que o DAE (dispositivo automático de entrada) dos sensores óticos capta as imagens de relevo comparando com os retratos digitais das regiões, gravados previamente em sua memória, sendo que havendo uma alteração do curso DSMAC pode não ter condições de corrigir a trajetória do artefato, sendo necessário outros meios de direção como INS ou o próprio GPS, apenas com o TERCON seria necessário a existência de data link para correção das premissas de voo.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 5 replies · +2 points

E como eu afirmei ele depende de sinal eletrônico seja de GPS seja radar, o que o torna suscetíveis supressão de sinais e a jammers, de modo que quanto mais dependente de sinais eletrônicos tão ou mais suscetíveis de medidas defensivas passivas e ativas de sinais, de forma que seu uso numa região contestada depende de inúmeros fatores, voltando ao velho dilema de que quem ganha uma guerra e quem tem o melhor sistema de defesa, de inteligência, evidenciando que o novo cenário de guerra que se aproxima esta muito mais voltado ao domínio do campo das comunicações, sinais e inteligência que propriamente na posse de um grande numero de armas, de nada adinata voce ter um iphone XI se vc não tiver acesso a rede de dados ou wi-fi.

Independente da armas serem russas, chinesas, americanas ou venusianas, quanto mais dependente da eletrônica, mais suscetivel a ECM e ECCM o serão, isso é pacífico.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 7 replies · +3 points

Eduardo o AGM-158 é equipado com um sistema de busca e orientação projetado pela BAE Systems, integrando GPS / INS, RF passivo e receptor de aviso de ameaça, um buscador de imagens por infravermelho (IIR infravermelho ). reconhecimento automático de correspondência de cena / alvo possuindo um alcance de cerca de 500 nmi, com velocidade subsônica alta, algo em torno de 1.100 km, sendo que para proteger o AGM-158, busca proteção ao praticar um voo sea skimmer de forma autônoma, assim o AGM-158 usa o GPS sim, de forma que volto a afirmar que não se trata de uma arma que mude o equilíbrio de poder ou que vá fazer os marinheiros russo e chineses abandonem seus postos e se joguem ao mar em debandada. .

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 4 replies · +2 points

Wolfpack, os sinais dos satélites são tão fracos que até um jammer de um a 10 watts pode negar a cobertura do GPS para uma grande área de sinais civis e militares, de forma que não é preciso grande investimento para bloquear o acesso ao sinal de satélites numa determinada área.
apenas para esclarecimento segundo relatório do C4ADS, já foram documentados quase 10.000 incidentes de falsificação de GPS separados realizados pela Rússia, sendo que quando o czar Putin viaja e comum o FSB criar uma bolha em torno do local onde o presidente se encontra como medida de segurança.

Colaciono alguns links sobre matériasa respeito do assunto notadamente na Síria.
https://www.timesofisrael.com/gps-jamming-affecti... https://www.popularmechanics.com/military/weapons...

você afirmou que "Por isso, contra essas armas meios caros e pesados são somente alvos mais fáceis para tais armas", quando na realdiade esta premissa não e verdadeira pois mesmo a marinha russa que se encontra defasada opera sobre um manto protetor de medias ECM e ECCM, podendo se afirmar o mesmo coma relação a marinha chinesa, de forma que esta arma seria mortal para marinhas como por exemplo a do Brasil que aida esta no mínimo 20 anos atrasada em relação as marinhas de ponta.

Desta forma, esta arma e tão e apenas mais uma elemento no arsenal diversificado que as grandes potencias possuem, nada que vá mudar o equilíbrio de poder.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Míssil antinavio de ... · 15 replies · +2 points

Wolfpack quanto mais dependente de sistemas eletrônicos tão ou mais sensível fica a arma, basta comparar com seu pc, notebook ou celular, quanto mais capaz ele, mais proteção você precisa para evitar ser hackeado, o mesmo se aplica as armas tidas como inteligentes, assim quanto mais dependente de sinais eletrônicos tão ou mais suscetíveis a medidas ECM o são, basta lembrar que o sinal de GPS já foi suprimido na síria e na própria Europa quando se realizavam manobras da OTAN, valendo a premissa para cada arma que se inventa, se desenvolvem dois ou mais sistemas para se contrapor, assim esta não e a arma do juízo final nem tampouco o fim das marinhas da China ou da Rússia, tão e apenas mais uma pedra no cenário geopolítico ou na estratégia militar.

2 years ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - VÍDEO E IMAGENS: For... · 0 replies · +3 points

Não necessariamente, vez que os MIG-27 cumpriu com seu papel na IAF, sendo que em termos de capacidade de armas um MIG-27 pode carregar cercad e 4.000 kg e um Rafale pode carregar 8.000 kg, ou seja em termos de capacidade de carga um Rafale vale dois MIG-27, mas certamente esta não é a conta que devemos fazer, pois a capacidade do Rafale é muito superior em eletrônica e sobrevivência de combate, enquanto o vetusco MIG-27 esta mais para um guerreiro cansado do que pra um combatente de primeira linha, felizmente o tempo chega para todos e esta e a hora da renovação.