ZorannGCC

ZorannGCC

82p

699 comments posted · 2 followers · following 0

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - PODER SUECO: SAAB J-39... · 4 replies · +1 points

Fui surpreendido!!

O Giordani pegou leve com o Gripen!! Isto é um milagre!!

Parabens

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - UNITAS: Câmera no cap... · 1 reply · +1 points

Lí os comentários anteriores.

Mas qual o sentido de comprar Hornet ou qualquer outra aeronave para modernizar? Se é para minimizar o gap, nada melhor que o leasing dos próprios Gripens C/D. Além de sair mais barato é de longe a aeronave mais semelhante ao futuro Gripen, oque ajudaria muito não só na diminuição do gap, mas também no treinamento dos pilotos.

A questão é outra.

A FAB, como tudo que é do governo, gasta muito mal. Corta de tudo, menos pessoal e despesas supérfluas. No fim não tem dinheiro pra mais nada, nem para terminar a modernização dos A-1 e F-5 (que continuam, mas em ritmo bem lento), nem para leasing de Gripen, muito menos modernização de Hornets.

No fim, por incapacidade, por falta de comando mesmo (porque no fim o comandante da FAB não consegue decidir nada sem a aprovação de outros brigadeiros e tudo vira política), a FAB decidiu tentar manter os projetos já em curso, como KC-390, FX-2, as modernizações em curso e deixaram o leasing de Gripens C/D e outras coisas de lado. Lógico que está errado, mas isto não vai mudar, nem nesse nem em outro governo qualquer.

Eu acredito que o Saito tomou a decisão correta. Diante de tudo, o Gripen foi a melhor escolha.

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - CHINA: US$ 2 bilhões ... · 1 reply · +2 points

Esse preço do Gripen não é isto tudo.

Aliás, para nós é até maior 130 milhões, mas a gente não conta. Tem TOT, montagem aqui, contra-partidas e por aí vai.

Mas o preço flyaway não será tudo isto, está bem longe do valor que citou.

A Suécia encomendou 60 Gripens para serem entregues de 2018 até 2026 por quase US$ 2 bilhões (16,4 bilhões de coroas suecas).

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - UNITAS: Câmera no cap... · 0 replies · +1 points

Eu tb acho que não vai vazar quase nada.

Mas são muitos dias de exercício, há combates em situações pré-estabelecidas, portanto a FAB deve ter vitórias sim, afinal não tem graça só apanhar. kkkkkkkk

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - CHINA: US$ 2 bilhões ... · 0 replies · +3 points

Já há algum tempo estavam em negociação, exatamente como fala a postagem.

Os chineses queriam uma quantidade menor, mas a Rússia impôs a quantidade mínima de 24 aeronaves. Há algumas matérias a respeito na internet.

Os russos estão cientes que os componentes serão copiados. Sabem exatamente oque será copiado. Mas consideram que dentro de uma venda de 24 aeronaves, oque for copiado e o tempo que levará para isto é aceitável.

Fora que os russos desenvolvem constantemente os seus produtos; o investimento é constante, as empresas são públicas e recebem verbas constantemente para o desenvolvimento de novas tecnologias de acordo com objetivos bem 'planificados'. Somente quando uma tecnologia está comprovada e testada, que a mesma é incorporada na linha de produção. Isto édiferente do ocidente, onde as empresas são privadas e participam de concorrências com todos os requisitos das aeronaves já determinados.

O mais provável: quando os chineses conseguirem copiar esta versão, uma nova versão do Su-35 já estará em produção.

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - NBAA: Flexjet anuncia ... · 0 replies · +4 points

Por incrível que pareça, existe mercado para isto aí.

Existem um monte de novos ricos com condições para serem co-proprietários desta aeronave. Na aviação comercial, modelos supersônicos não deram retorno, porque era muito difícil conseguir uma taxa de ocupação que tornasse o negócio rentável.Na aviação este problema não existe.

Eu acessei o site da Flexjet, para entender o modelo de negócio. Ela funciona como taxi aéreo, com leasing e co-propriedade das aeronaves. Não sei como a empresa administra as necesidades destes donos, mas éum modelo interessante.

Este modelo de negócio de co-propriedade é o carro chefe da empresa e tem virado 'moda' em diversos segmentos de produtos de luxo.

No Brasil existe uma empresa (ou mais de uma) que vende veículos de luxo neste sistema. O mais comum é que estes carros de luxo tenham até 4 donos. Cada dono passa uma semana com o carro. Toda segunda feira, um guincho vem buscar o carro, lava o carro, faz as manutenções/revisões necessárias e entrega para o outro dono passar o resto dos dias da semana com ele. Esta empresa cobra uma taxa de administração e os custos de manutenção são divididos entre os proprietários. Eu não conhecia este tipo de negócio, mas meu irmão tem amizade comuma dupla sertaneja que explodiu recentemente e um deles tem 4 carros de luxo comprados neste sistema. Se parar para pensar é até legal. Pelo preço de um carro, vc tem 4 carros diferentes. Passa uma semana com cada um deles, não dá para enjoar. Em caso de necesidade, vc pode vender sua cota para outra pessoa ou para a própria empresa.

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Embraer promove KC-390... · 2 replies · +6 points

Eu discordo.

O avião está pronto. Está fazendo os voos de teste e certificação. Mesmo com atrasos, a encomenda de 28 aeronaves para a FAB está garantida.

A aeronave possui muitos componentes e sistemas comuns à suas aeronaves de passageiros. Exatamente com a intenção de tornar a aeronave barata de adquirir, manter e o mínimo possível sujeita a embargos.

A Embraer é a terceira maior empresa aeronautica do mundo!! Ela é lider de vendas em todos os seguimentos que opera!! Você acha que ela não tem capacidade de tocar pra frente um simples avião de transporte que está praticamente pronto? Avião este que possui uma infinidade de componentes comuns aos seus aviões de passageiros?

Se existe uma coisa que a Embraer tem é credibilidade. Ninguém se sente inseguro em comprar equipamentos da empresa. Qualquer produto fabricado pela Embraer, que resolver comprar, é líder de mercado e é a escolha óbvia.

Claro que isto não significa que o KC-390 será um sucesso de vendas, mas também não significa que quem compra-lo está ferrado! Muito pelo contrário.Sendo bem sucedido comercialmente ou não, o KC-390 será uma aeronave muito capaz. Além do que o desenvolvimentyo do projeto foi todo bancado pelo governo (não estou defendendo o governo. Odeio este governo corrupto que está aí) e mesmo que haja atrasos recentes nos pagamentos, a Embraer está longe de ter qualquer prejuizo com isto.

275 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Rússia diz que bomba ... · 1 reply · +3 points

Quem colocou a bomba no avião foi um grupo terrorista egípcio, que até outro dia se dizia pertencer a Al-Qaeda. Estão sediados na península do Sinai que também é terra de ninguém.

Podem atacar a Síria o quanto quiserem, o Ansar Beit al-Maqdis continuará agindo do Egito e continuará jurando fidelidade ao ISIS enquanto isto for vantajoso para ele. Como o ISIS ocupa espaço na mídia diariamente (espaço este conquistado com excuções violentas filmadas e divulgadas na internet), tudo quanto é grupinho terrorista se diz vinculado ao ISIS. Ser do ISIS dá Ibope! Está na moda!

As insatisfações destas minorias em seus respectivos países é oque alimenta estas células terroristas. O ISIS não tem esta estrutura toda que todos repetem por aí. A questão é que o inimigo do meu inimigo é meu amigo.

Muitos grupos são auto-financiados por indivíduos que se identificam com a causa, e motivados por insatisfações em seus países: Não tem esta de: este financia mais que aquele. Todos os países ajudam de alguma forma, ou por ação, ou por omissão, ou por desconhecer/ignorar/desconsiderar as insatisfações sociais de minorias.

Seria fácil acabar com o ISIS, mas não com o terrorismo. Basta uma invasão terrestre em larga escala. A questão é que ninguém quer arcar com os custos financeiros de uma empreitada destas, e de nada adiantaria se as questões étnicas na região (envolvendo Alauitas, Sunitas, Xiitas e Curdos) não forem resolvidas. Neste caso, outro grupo terrorista surgiria em outro lugar ou ali mesmo com outro nome, possivelmente envolvendo as mesmas etnias insatisfeitas.

Na Síria, 15% da população é Alauita, 60% Sunita, 20% Curdos e quem domina o governo a mais de 50 anos são os Alauitas. No Iraque, 60% da população é Xiita, 20% são Curdos, 20% é Sunita e o governo completamente dominado pelos Xiitas. O ISIS surgiu exatamente na população Sunita que não se sente representada e é alvo de revanchismos dos 2 governos. É exatamente esta população que habita a região controlada pelo ISIS. Somente a resolução desta questão é que pode trazer paz à região.

276 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Mi-28NE 'Night Hunter'... · 0 replies · +1 points

Que isso, quem sou eu pra corrigir alguém. Foi só um complemento.

A maioria da população francesa é contra os ataques na Síria/Iraque e Líbia também.

10% da população francesa é muçulmana. A maioria dela insatisfeita com leis que restringem práticas típicas de sua religião. A maioria desta população tem origem em es-colônias, vivem na periferia das grandes cidades. Os jovens tem dificuldade de oportunidades e lidam com o preconceito religioso. Daí, para o surgimento de grupos extremistas é um passo. É oque vem ocorrendo.

O ISIS está na moda. Todo grupinho ou aspirante a terrorista quer ser do ISIS. Antes era Al-Qaeda.

O grupo terrorista suspeito de ter colocado uma bomba no avião russo de passageiros que caiu no Egito, até outro dia pertencia a Al-Qaeda, agora é do ISIS.

276 weeks ago @ Cavok Brasil - Avia&cc... - Mi-28NE 'Night Hunter'... · 2 replies · +1 points

A TV noticiou a tal retaliação.

Os ataques não foram massivos. Foi só uma resposta a própria imprensa francesa, tipo 'estamos fazendo alguma coisa'. Uma emissora de TV chegou a noticiar que foram 20 bombas lançadas. Isto não é massivo. Mas diversos especialistas questionam as ações, simplesmente porque os ataques terroristas foram impetrados principalmente por franceses, mulçumanos insatisfeitos, que apesar de se declararem pertencer ao ISIS, se auto-finaciaram, não tendo participação direta do ISIS. O ataque veio de dentro pra dentro e não de fora pra dentro.

Hoje, milhares der parisienses foram prestar homenagem aos mortos no restaurante atacado. Ninguém foi revistado, não havia nenhum ponto de controle. No meio da multidão surgiu um boato de um novo ataque, todos saíram correndo, alguns foram pisoteados.