RobMSimoes

RobMSimoes

32p

32 comments posted · 322 followers · following 0

309 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Qual o melhor gadget q... · 0 replies · +1 points

Pessoal aqui é muito novo. Eu nasci em 1980 e tive uma super TV laranja "portátil" da Philco em preto e branco na primeira metade da década.



E nela eu jogava um Tele Jogo, de nome TV Jogo 4. Ele vinha com quatro jogos: paredão; paredão duplo; tênis e futebol.



Na verdade, era tudo variação do mesmo jogo, o clássico pong.



Detalhe: Isso foi antes do Atari estourar por aqui e ambos existem e funcionam até hoje.

313 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Baixe o iOS 7 agora mesmo · 0 replies · +1 points

Não existem apps que façam isso da maneira como o AirDrop faz, pois esses apps ou usam somente Bluetooth ou uma REDE Wi-Fi. O AirDrop cria e usa uma ponte Wi-Fi direta, sem necessidade de rede. Se o Wi-Fi dual band é estritamente necessário para criar algo parecido eu não sei, mas para o AirDrop é. Até mesmo o AirDrop dos Macs já era assim e está presente apenas nos Macs mais recentes que também possuem Wi-Fi dual band. Quando a Apple lançou o AirDrop em 2011 com o Mac OS X Lion foi a mesma choradeira porque os Macs antigos ficariam de fora.

313 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Baixe o iOS 7 agora mesmo · 2 replies · +1 points

De novo essa história de que o iPad mini tem o mesmo hardware do iPad 2. Isso não é verdade. A únicas coisas iguais são a quantidade de RAM e o processador (que mesmo assim no mini é uma revisão mais recente do A5). O resto, câmeras, LTE, Wi-Fi, Bluetooth, é tudo diferente.

O AirDrop do iOS 7 precisa de DUAS coisas para existir e funcionar: Wi-Fi Dual Band (2.4 GHz e 5 GHz) e Bluetooth 4.0. O iPad mini possui isso. O iPad 2 não, pois seu bluetooth é o 2.1 e seu Wi-Fi é somente 2.4 GHz. Já o iPad 3 já possui o Bluetooth 4.0, mas o Wi-Fi é o mesmo do iPad 2. A mesma coisa ocorre com os iPhones 4 e 4s.

Portanto, a única razão para o AirDrop não funcionar em gadgets mais antigos é a limitação de hardware, e quanto a isso não há o que fazer.

Vamos xingar a Apple quando ela merece. Eu tenho iPhone 5 e iPad 3 e não vou poder trocar dados entre eles usando o AirDrop, mas entendo perfeitamente.

325 weeks ago @ Gizmodo Brasil - iPad Mini chega à App... · 0 replies · +1 points

Estranho isso. Comprei um iPhone 5 de 64 GB por 1.900 reais na VIVO em JANEIRO, sendo que o meu plano é o 3G Plus de 163 reais. Desconto de 1.200 reais. Se fosse pegar o de 16 GB seria uns 1.300.

Mas comprei por telefone. Dependendo do atendente dá pra fazer bons negócios, coisa que nas lojas é quase impossível.

333 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Claro e Vivo são prim... · 0 replies · +1 points

Que lixo. Meu 3G Max da CLARO no meu iPad chega fácil a 7,5 Mbps e meu 3G PLUS da VIVO no meu iPhone chega a picos de 6 Mbps, e anda querem vender um 4G a 5 Mbps? Tudo bem que não ofereçam 70 Mbps como deveria ser o LTE, mas pelo menos uns 20 Mbps para a gente ficar com a impressão que não é 3G deviam oferecer, e com uma franquia MUITO MAIOR. Os 5 Mbps deveria ser a velocidade reduzida APÓS o consumo da franquia.

337 weeks ago @ Gizmodo Brasil - iPhone ficou mais bara... · 0 replies · +1 points

Exato. Só mesmo a Apple consegue produzir um aparelho com 1 GHz de processador e 512 MB de RAM que em pleno 2013, três anos após seu lançamento continua recebendo atualizações e funcionando redondo, liso e estável da mesma forma quando de seu lançamento, e ainda rodando praticamente TUDO que os high ends mais modernos rodam, inclusive jogos recentes, como Real Racing 3 que roda liso no iPhone 4 mas que dá crash no Galaxy SIII.

337 weeks ago @ Gizmodo Brasil - iPhone ficou mais bara... · 0 replies · +1 points

Engraçado, eu usei um iPhone 4 por 15 meses, entre setembro de 2010 e dezembro de 2011, sem qualquer capa ou bumper, e nunca tive qualquer problema de recepção de sinal. Vendi o aparelho depois disso e o comprador o usa até hoje também sem qualquer problema. O meu devia ser mais "mágico" do que os outros né?

344 weeks ago @ Gizmodo Brasil - As batidas de Dre: a h... · 1 reply · +1 points

Alguém poderia me indicar um bom fone Bluetooth para usar principalmente com um iPhone 5?

E quando digo bom, me refiro a qualidade sonora, qualidade de construção, design e funções. Não suporto fones intra-auriculares. Quero um que cubra todo o ouvido, tenha isolamento de ruídos externos, não vaze o som para os outros ouvirem o que estou ouvindo, tenha controles de volume, pausa, avanço, retrocesso, iniciar e interromper ligações, microfone, boa duração de bateria e possibilidade de usar com fio.

E que possa ser comprado pela internet.

Já testei dezenas de fones Bluetooth e não consigo achar nada que presta.

351 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Como apps de terceiros... · 0 replies · +1 points

"Música por Streaming não está atrelado a plataforma, e sim a Aplicativo."

Não estou falando de um aplicativo de músicas que oferece streaming. Estou falando do aplicativo nativo do iOS, que junto do iTunes Match, ambos recursos integrados ao sistema e portanto atrelados à plataforma, permitem que eu ouça QUALQUER música que eu tenha via streaming ou direto no aparelho, bastando para isso arrastar e soltar a música no iTunes.

˜Se você quiser fazer uma pasta para músicas, por exemplo você precisa abrir o iTunes e fazer isso nele. Ou seja, TUDO está atrelado ao iTunes, o que faz com que o sistema fique preso a ele.˜

Bobagem. Primeiramente, pasta de músicas? Pra que diabos eu vou querer fazer uma "pasta de músicas". As músicas estão organizadas por artistas, ou álbuns, ou gêneros, ou playlists, a sua escolha. Você falando assim me fez lembrar da época em que eu organizava minhas músicas em pastas no Windows Explorer.

Mas mesmo que eu queira um atraso de vida desses para mim, é perfeitamente possível. Eu transfiro do meu Mac ou do meu PC com Windows, via Wi-Fi, músicas ou QUALQUER arquivo que eu queira, apenas arrastando e soltando os arquivos, sem nem precisar ter o iTunes instalado no sistema.

"Quis dizer excluir música de maneira simples, enquanto você está alterando sua lista de execução. Por exemplo: Ao invés de você ter que abrir no iPhone a lista de músicas, clicar na musica, excluir, para depois conectar o iPhone no computador com iTunes, para poder colocar outras músicas, é muito mais fácil organizar tudo como pastas normais utilizando por exemplo o Windows Explorer."

Vamos ver se eu entendi. Você realmente acha que isso é simples?

Primeiramente, eu NUNCA preciso "conectar o iPhone no computador com iTunes" para adicionar músicas ou fazer qualquer outra coisa. Meus computadores, assim como meu iPhone e meu iPad, estão 24 horas por dia sincronizados entre si. Se eu excluo uma música de uma playlist no iPhone, imediatamente, ela será excluída no iPad e no computador. Se eu apago uma música na biblioteca do iTunes do computador, a música será apagada no iPhone e no iPad, mesmo que o iPhone, o iPad e o computador estejam cada um em cidades diferentes. Até mesmo se eu alterar a tag de uma música no computador, ela será alterada no iPhone também. Da mesma forma, se eu adicionar uma música ao iTunes, seja comprada na iTunes Store, seja ripada de um CD, ou seja baixada ilegalmente, ela irá aparecer no meu iPhone.

Sinceramente, não consigo ver nada mais simples e fácil do que isso.

E mais uma coisa, eu usei Windows durante mais de 20 anos, e desde que surgiram os famosos kits multimídia eu comecei a ripar músicas (apesar de poucas músicas ocuparem o HD inteiro), e usar inúmeros programas players e gerenciadores de músicas, mas sempre desisti de todos eles e acabava voltando para as pastas do Windows Explorer.

O iTunes, que muitos insistem em falar mal, e é longe, mas muito longe mesmo, o melhor gerenciador de músicas que já usei, principalmente agora com a versão 11. Simplesmente não consigo mais imaginar minha vida sem ele.

Por isso, iTunes é, para mim, uma das inúmeras razões pelas quais considero o iPhone muito superior a qualquer outra plataforma, já que não há nada igual a ele. Depois eu que eu comecei a usar o OS X e o iOS, eu nem posso ouvir as palavras "pastas" e "Windows Explorer" que já sinto cala-frios.

351 weeks ago @ Gizmodo Brasil - Como apps de terceiros... · 2 replies · +1 points

Putz, é cada barbaridade que eu leio nesse fórum...

Para apagar uma música no iOS, basta deslizar o dedo sobre ela e tocar no botão "Apagar" que aparece.

Se eu quero adicionar uma música, basta arrastá-la para o iTunes, que automaticamente ela aparece no meu iPhone e no meu iPad, MESMO QUE ELES ESTEJAM A QUILÔMETROS DE DISTÂNCIA, sem precisar de fios.

Se eu tenho um CD físico, basta ripar o CD no iTunes que automaticamente o CD aparece no iPhone e no iPad, e eu ainda tenho a opção de ouvir as músicas por streaming, ou baixá-las para o próprio dispositivo.

Seu Android que está a anos luz faz isso?