Felipe C Novaes

Felipe C Novaes

57p

178 comments posted · 45 followers · following 1

7 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Globo, deixe a ci&ecir... · 0 replies · +1 points

De fato, pode ser que a Globo não possa ser culpabilizada sozinha nessa história. Mas se não como responsável direta, ela deve ser posicionada num dos patamares intermediários da culpa rs.

Apesar de às vezes exibir programas bem úteis, a rede Globo é campeã em exibir informações que deturpam a ciência. Ela está sempre antenada nesse tipo de coisa. Se não é por concordar, ela peca porque divulga aquilo que sabe que vai dar audiência apenas, pois a quantidade de pessoas que adoram essas bobagens de auto-ajuda é imensa.

E sim, a Record tem muita culpa nesse tipo de assunto. Essa é consenso. hehe

7 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Por que o batman n&ati... · 0 replies · +1 points

Muito obrigado, George!
Dá uma passada no AZ! Escrevo textos lá mensalmente! http://consciencia.ano-zero.com/author/felipe-car...

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Por que o batman n&ati... · 0 replies · +1 points

Então, é porque aparentemente o Batman se guia (pelo menos com relação à decisão de matar ou não uma pessoa) por uma moral deontológica, isto é, uma vida tem valor em si mesma, sendo categoricamente errado tirá-la sob qualquer circunstância.

Alguns heróis, como os de Watchmen (http://consciencia.ano-zero.com/2015/01/05/antes-e-depois-de-alan-moore/), parecem ter uma visão mais utilitarista, isto é, eles entendem que se uma morte for salvar várias pessoas, então é moralmente correto matar. Em termos da filosofia moral, seria por isso que o Batman não mata o Curinga.

O que acha?

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Por que o batman n&ati... · 0 replies · +1 points

HAHA Fico feliz por isso!

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - 30 Dias de Noite: Vamp... · 0 replies · +1 points

Também adoro esse ator, Sofia!

Extremo em qual sentido, vc diz?

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Elucubraç&otild... · 0 replies · +1 points

Essa é uma boa questão.

Bom, acho que os junguianos responderiam que apesar de o indivíduo ser aquele que detém a última palavra, digamos assim, sobre o significado de seu sonho, cabe ao analista ajudar na interpretação. Ou melhor, cabe a ele guiar o indivíduo, mais ou menos como se vc estivesse guiando um cego, talvez: vc pode não saber para onde o cego quer ir, mas vc vai poder guiá-lo fazendo com que ele não entre em ruas sem saída, não atravesse na frente dos carros e etc.

Isso não é a mesma coisa que o cliente simplesmente anarquicamente querer entender o que ele bem entender do sonho. Tudo isso deve ser feito levando em conta ainda assim o bom senso de ambos os envolvidos. Ah, e como para os junguianos o sonho constantemente guarda as mesmas estruturas que os mitos, o analista está em boa posição de guia exatamente por conhecer essas estruturas.

Porém, o que eu quis dizer, mais em relação à minha conclusão pessoal sobre o tema, é que na maioria das vezes qualquer tipo de mensagem enigmática talvez seja mais importante para nos fazer pensar sobre algo (somos produzidos também por essas mensagens...não necessariamente ela se destina a descrever algo que já está dado), nosso caminho, nossas decisões, sobre nós mesmos, do que para oferecer algum caminho já esperando para ser descoberto.

Quando vc ver Matrix talvez isso fique mais claro.

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - O que é a felic... · 0 replies · +1 points

Pois é! Sukkha é algo pouco valorizado no Ocidente, de forma geral.
É até por isso que nos falta um termo específico para tal coisa. Geralmente nos referimos só à felicidade e ao prazer, sendo que felicidade é quase sempre interpretada da mesma forma que prazer.

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - Pensar no não-p... · 0 replies · +1 points

Obrigado, leslye!
Te indico então outra página na qual escrevo textos!
Aqui o link do meu último: http://www.vero.jor.br/2014/03/o-oi-tudo-bem-auto...

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - O DSM não &eacu... · 0 replies · 0 points

Cara, fica até difícil debater no mesmo nível que vc, pois seu objetivo parece ser muito mais pessoal do que intelectual. Respeito seu sofrimento, e continuo afirmando que a psiquiatria mudou muito já, entretanto, há também de se considerar que há maus e bons psiquiatras.

8 years ago @ http://nerdworkingbr.b... - O DSM não &eacu... · 0 replies · -1 points

O foco da crítica do Thomas Szasz era mais sobre as práticas coercitivas da mesma. Sobre os fundamentos científicos da crítica dele eu não conheço, teria que dar uma pesquisada. Mas é justamente por isso que eu digo que trata-se uma teoria da conspiração: se com a quantidade de estudos individuais e pareados que é feita hoje, alguém ainda apelar para uma espécie de Dualismo Cartesiano, ou essa pessoa não tem informação suficiente sobre o assunto ou ela terá que alegar que existe uma conspiração GLOBAL entre os psiquiatras e psicólogos, para que os estudossigam uma linha específica.